7 anos de trabalho!! 23 anos de Umbanda!!

16/04/2013
Bom dia!! Ontem foi um dia bastante especial para mim! Completei 7 anos de Filha de Branco, ou filha de santo como chamam em alguns lugares. Posso dizer que externamente nenhum “BUM” aconteceu ou portal se abriu… mas internamente tudo isso e mais um pouco vem acontecendo a cerca de 3 meses; muitas mudanças em minha coroa e principalmente conscienciais. Sempre tive um prazer imenso em aprender e inclusive repassar aquilo que aprendi. Mas ultimamente o meu estudo tem sido direcionado e focado  pelas minhas entidades. Uma necessidade urgente de se aprender determinados assuntos, de visualizar determinadas situações para poder entender um pouquinho a respeito da criação divina. Recomendo a todos que tenham sentido essa necessidade urgente que atendam pois é altamente gratificante.
Nesses meus 7 anos como filha de branco aprendi muito, escutei muito, falei muito também… aprendi por meios diversos a muitas vezes ouvir mais e falar menos pois o “aprender” não pode ser incutido em alguém… deve ser natural… aprendi que é no silêncio de nossas mentes onde nosso sentido gerador nos fala mais alto… é deixando certos “achismos” e opiniões diversas caladas é que conseguimos escutar o mais profundo  ensinamento que a muito estava adormecido.Claro que isso não me fez alguém alheia ao mundo externo, pelo contrário… vejo e ouço de tudo, falo as vezes até quando não era necessário mas aprendi a usar o “filtro”!!Hoje relembro com saudades o primeiro dia que entrei em um terreiro de umbanda… com nove anos de idade eu nada entendia ou sabia sobre aquelas pessoas qua falavam de forma estranha e que de um jeito totalmente estranho pareciam saber mais de mim do que eu mesma… me lembro das vestes claras, do cheiro da fumaça misturado ao cheiro de defumação… fecho os olhos e consigo ver a madeira dos bancos com a tinta branca descascando… a cortina de palha q tinha bem baixinha presa no teto… me lembro da Dona Dadá… lembro de ter meu pai e meu irmão ao meu lado… lembro do boiadeiro que me atendia e que eu fervorosamente pedia para ir bem nas provas da escola kkkkk. São muito doces as lembranças e vou conservá-las assim… puras e livres de qq estigma sobre certo, errado, conceitos ou práticas.

Depois conheci por intermédio da minha Tia: o terreiro do Tupiguara… nossa sem palavras para tudo que vivi ali… ainda estava na adolescência e ainda não tinha a noção da dimensão da religião que estava ali sendo executada… mas com certeza tinha achado o meu lugar… o lugar a qual eu sempre pertenci a UMBANDA. O caboclo que era meu “pai” era o Caronoiô… sinto a presença dele no meu caminho até hoje, a tudo que faço peço sua benção pois aprendi com minhas entidades que um filho jamais deixa de sê-lo mesmo que mil anos se passe… e assim o conservo como um pai =). A vida toma diversos caminhos e num desses caminhos nem sempre com final feliz meu pai na carne veio a falecer e com ele um pouco de mim…, me afastei do terreiro mas o terreiro nunca se afstou de mim e alguns anos mais tarde nos reencontramos e o cavalo do Tupiguara ja não estava mais em terra… seu filho junto ao caboclo Araitã assumiram o legado e assim nunca mais sai do terreiro, passei por diversas transformações em minha vida mas a semente do amor a religião ja tinha germinado… meu irmão ja era um Filho de Branco ali dentro…o terreiro também passou por diversas mudanças e o caboclo Caronoiô não estava incorporado mais ali…  e assim ganhei meu segundo pai espiritual: “Sete Pedreiras” confesso que além dele também me considerava filha do Araitã pois sempre ia onde eu estava trazendo sua palavra amiga e suas bençãos. Enfim em um sábado de Aleluia no dia 15 de Abril de 2006 fui convidada a presentear os Orixas com flores junto com mais algumas pessoas da assistência… entramos em um local que mais tarde fui conhecer como “Casa de Santo” (muito usado em terreiros de candomblé e umbandomblé) e depositamos nossas flores… depois eu e mais 4 colegas de assistencia fomos convidados a entrar no terreiro para participar de perto das festividades do dia… foi um momento único, senti as energias correndo por entre os mediuns… ver a unidade entre as entidades era um presente…. e quase ao fim dos trabalhos em meio a um discurso cheio de emoção o caboclo Araitã informou a todos os presentes que seu cavalo iria se afastar da dirigência do terreiro por diversos motivos pessoais que não cabem a mim escreve-los aqui… e assim ele apresentou o caboclo Sete Pedreiras como seu substituto nessa caminhada… e apontou a mim e aos meus outros 4 colegas como sendo os mais novos integrantes de sua tribo… jamais vou esquecer essas palavras e o que senti naquele momento… foi como se tudo que ja tivesse passado em minha vida tivesse sido uma preparação para aquele dia… um sentimento de que eu jamais esquecerei mesmo q se passem mil anos e mil vidas…

Depois disso outras várias mudanças… o nascimento da tribo do Sete Pedreiras e o começo de muito aprendizado… aprendi demais e ganhei uma mãe… cabocla Jandira do Mar… uma avó a Vovó Rita…. e assim aprendi não só a amar a religião mas tudo o que esta por trás desse amor, o respeito, a atenção, o saber ouvir e o saber falar… aprendi a ser cambona, aprendi a ser filha de branco… devo demais a esses mentores dessa casa, tanto aos espirituais como os médiuns. Chegou o momento de desenvolvimento e em 09/07/2008 fomos para o passe e em 01/04/2009 para a mironga (aqui eu conto direitinho como foi).

Mais mudanças e o plano astral nos faz mudar sempre que necessário… e assim nasceu uma nova casa… um novo terreiro… ganhei meu quarto pai: caboclo Rompe Mato… o caboclo do meu irmão… e até hoje aprendo um pouquinho mais e mais…

Em sete anos eu tentei ser o melhor que pude em tudo que me propus fazer e sou consciente que nem sempre conseguimos esse intento com sucesso… mas tenho dentro de mim uma gratidão impar a todos meus pais e mães espirituais… sei que jamais irão falhar em seu amor por mim e estarão junto de mim em toda minha caminhada…

Então esse texto queria dedicar a vocês… meus mestres espirituais e encarnados por terem me ensinado muito e estarem ao meu lado me ajudando em cada passo!!! A vocês dedico todo meu amor, respeito e gratidão!!

Saravá!! Axé!! Salvada seja a Umbanda!!!

Imagem


Estamos de Volta!!

29/05/2011

Nossa… praticamente 1 ano sem conseguir vir aqui escrever!! Bem venho dar notícias maravilhosa!!

Meu Bebe é lindo nasceu dia 20/09/2010 e esta em perfeita saúde!! Voltei a trabalhar no terreiro em Janeiro. Nossa como estava com saudades do trabalho. Com saudades de sentir a energia de minhas amadas entidades junto da minha!!!

Bem mas mais que isso venho trazer a todos o endereço do site do nosso terreiro, não ia divulgar ainda pois ainda tem muitas áreas em construção mas até o final da semana estaremos quase completo, então com muito orgulho lhes apresento:

http://www.ceuue.com.br

Espero que gostem do conteudo. Qualquer tipo de sugestão, critica ou elogios serão muito bem vindos!!

Que Oxalá tenham guardado a todos com muita paz, saude e caridade!!!

Até mais!!!


É pras almas…

13/05/2010

Boa tarde a todos!

Hoje dia 13/05 é dia dos senhores sábios da Umbanda, salve todos Pretos e Pretas velhas da nossa amada Umbanda!! Hoje em pra mim em particular é um dia mais que especial… pois fazem 4 anos que me tornei uma cambona. Foi um momento único… acredito que pra minha amada Vovó Rita tb, afinal foi o seu primeiro dia de trabalho como entidade de passe… me lembro como se fosse ontem.. e me lembro de ouvir as palavras dela ao dizer que as entidades escolhiam os cambonos e vice e versa… e realmente aquele foi um momento muito especial!! Salve minha nega fofa!!!

Devido a gravidez acredito, estou imensamente sensível então não estou conseguindo escrever muita coisa pois os olhos continuam a vazar constantemente… então quero deixar aqui uma prece a esse símbolo de humildade, sabedoria e amor incondicional… queria eu um colo daqueles bem gostosos que só eles sabem nos dar… Salve Vó Joana, sei que esta ao meu lado nesse momento e agradeço pelo carinho, pela proteção e por me guardar de todo mal… Salve Pai joaquim que sempre estara presente em minhas orações e sei que estas sempre do meu lado… Salve Nego Tião… Salve Nego Jõao do Congo… Salve Pai Benedito….Salve Nega Luzia… Salve Nega Rosinha… Salve Vó Maria Clara… Salve Nega Joaquina… Salvado seja a linha das almas É PRAS ALMAS!!!

Preto Velho
Carreteiro de Oxalá
Bastão bendito de Zâmbi
Mensageiro de Obatalá

Meu pensamento eleva se ao teu espírito e peço Agô.
Que tuas guias sejam o farol que norteie minha vida,
Que vossa pemba trace o caminho certo para todos os meus atos,
Que vossas palavras, tão cheias de compreensão e bondade, iluminem minha mente e meu coração,
Que teu cajado me ampare em meus tropeços.

Ontem te curvastes aos senhores…
Hoje, ajoelho me aos teus pés pedindo que intercedas junto a Oxalá por mim e por todos que neste momento clamam por vós.
Maleme e paz sobre meu lar e que a luz divina de Obatalá se estenda pelo mundo,
E que o grito de todos os orixás sejam o sinal de vitória sobre todas as demandas de minha vida.
Maleme as almas.
Maleme para todos os meus inimigos, para que saiam do negrume da vingança
E encontrem fonte fecunda e clara do amor e caridade.

Que assim seja…

E assim me despeço… um abraço a  todos!!


Sonhos… simplesmente sonhos ou mundo paralelo?!

28/04/2010

Boa tarde a todos!

Engraçado… comentários aqui são poucos, mas mantemos cerca de 40-50 visitas diárias… então resolvi atualizar. Bem qto ao título… o que vocês entendem pelos sonhos? Sonhos não como objetivo pessoal, e sim como passagem entre o fechar de olhos e o despertar… Sonhos são simplesmente sonhos ou carregam mensagens ocultas, ou até mesmo explícitas demais?

Trago esse assunto com certo interesse pessoal… tenho tido um sonho recorrente e contínuo onde sonho em dias diferentes com o mesmo lugar, pessoas diferentes outras as mesmas, mas sempe se complementam na história… no sonho sempre sei que é um sonho e as pessoas tb sabem ser um sonho… mas a sensação de q as pessoas envolvidas estão sonhando também é muito clara… mas infelizmente são pessoas que não posso perguntar a respeito. Mas o caso é… hoje após o segundo dia de sonho praticamente “marcado e agendado” no sonho anterior eu acordei triste, muito triste mesmo… primeiro por saber se tratar de um sonho e segundo por admitir que gostaria imensamente de que fosse verdade =( Nem preciso dizer o tanto de lágrimas q isso me tirou… mas enfim não sei bem como lidar com isso… e nem com a frustração que isso esta me causando… então resolvi procurar algo a respeito do tema: Sonhos!

Significado no Wikipédia: O sonho é uma experiência que possui significados distintos se for ampliado um debate que envolva religiãociênciacultura. Para a ciência, é uma experiência de imaginação do inconsciente durante nosso período de sono. Recentemente, descobriu-se que até os bebês no útero têm sono REM (movimentos rápidos dos olhos) e sonham, mas não se sabe com o quê. Em diversas tradições culturais e religiosas, o sonho aparece revestido de poderes premonitórios ou até mesmo de uma expansão da consciência. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Sonho)

Dai fui em uma busca a respeito de sonhos compartilhados… e encontrei diversos tipos de sonhos:

Sonhos Psíquicos – Considerado como sendo os mais complexos, os sonhos psíquicos levam a uma dimensão diferente. Existem 7 tipos de sonhos psíquicos:

1-Sonhos telepáticos: sonhos nos quais há transferência de pensamento de uma mente para outra.
2-Sonhos psicométricos: sonho no qual a mente capta algo sobre o lugar onde a pessoa está no momento do sonho.
3-Sonhos clarividentes: sonhos que vêem com clareza certas ações que estão ocorrendo naquele momento ou então com algum objeto não – pensante.
4-Sonhos precognitivos: sonho que traz ao sonhador conhecimento prévio de algum acontecimento. O sonho precognitivo é lembrado pela pessoa.
5-Projeção astral: sonhos lúcidos onde a pessoa acorda e mesmo consciente continua sonhando e guiando o destino de seu sonho.
6-Sonhos retrocognitivos: sonhos nos quais o indivíduo vê o passado pelo qual ele não passou ou não se lembra de ter passado.
7-Sonhos compartilhados: forma especial do sonho telepático. Duas pessoas numa mesma noite compartilham do mesmo sonho, ou de sua essência.

Sonhos Espirituais – Os sonhos espirituais são sonhos que revelam as idéias de moralidade e também revelam o que a pessoa deve fazer do destino. Embora raros – somente 10% – os sonhos espirituais são sempre aqueles que têm a capacidade de alterar nossa perspectiva sobre nós mesmos e sobre os outros.

(http://www.online.unisanta.br/2004/05-15/campus-3.htm)

Enfim nada me da a certeza das pessoas terem sonhado o mesmo q eu, e muito menos de que tenha sido uma premonição ou algo assim ja q se tratava da minha pessoa no presente atual… pois bem… acho que no fundo essa sequencia de sonhos esta ligada diretamente ao meu mais profundo desejo… tão profundo que me doeu demais admitir que eu gostaria que tivesse sido verdade…

Procurei sonhos relacionados a Umbanda e em muitos encontrei algo a respeito de projeções… mas não creio q tenha sido o caso… de qualquer forma acho que vale a pena ter relatado aqui o fato, assim fica registrado no caso de um sonho recorrente ou de algo na realidade que tenha a ver com esse sonho, ou mesmo q seja apenas uma forma de exteriorizar o que estou sentindo… afinal não existe dor pior do que de uma saudade contida.

Bem como todos sabem começara o Censo 2010 portanto chega de omissão!!!

Abs a todos!


Vidas cruzadas

06/04/2010

Boa tarde a todos!

Há muito tempo comecei a escrever um texto… e sempre esquecia de concluir para enfim publicar… mas o tempo passou e acredito que muita coisa tenha se perdido… minha vida mudou muito nos últimos meses… então resolvi que um novo texto seria apropriado… afinal conversando com um grande amigo hoje ele me disse uma coisa interessante: a vida de todo mundo esta seguindo em frente… e é verdade… todo mundo esta caminhando de acordo com o que a vida nos reserva… é certo que muita coisa mudou dentro de mim depois do tal dia fatídico… mas ao mesmo tempo não tenho do que reclamar das mudanças… então por não estar e nem me sentir apta para falar da vida de mais ninguém a não ser da minha própria… eis que voltei para contar as voltas e os passos q caminhei ao longo desses quase 5 meses…

Não posso negar que minha vida tenha seguido em frente, mas posso afirmar que tudo que se passou me serviu demais em todos os sentidos e sinto que contribui muito pro meu crescimento pessoal e espiritual…

Depois que sai do centro, por mais q a dor tenha me consumido demais por um tempo; o q não significa q não doa mais; eu consegui analisar cada ponto negativo e positivo de tudo o q houve… pude ver e compreender os motivos de cada um, principalmente os meus de tudo ter tomado a proporção que tomou… vi que tudo tem o tempo exato na vida e que nada acontece sem que seja pra acontecer… claro que agora que muitas cartas foram postas na mesa, me senti sendo injusta em alguns pontos, usada em tantos outros, mas tb me senti imensamente injustiçada… mas isso é um grande lado positivo, pois foi desse ponto que resolvi que apenas observar de longe seria o melhor a ser feito e no fim vi que o crescimento e o aprendizado nunca serão os mesmos para cada pessoa e estou feliz com tudo que aprendi. Depois de tudo o que houve e de tantas mentiras que se provaram ser verdades e das verdades que descobri serem mentiras eu encerrei esse capítulo e passei a me dedicar ao que tinha sobrado de melhor… então comecei a ler, estudar, conhecer tudo que pudesse sobre nossa maravilhosa religião, pois só o conhecimento é capaz de libertar as pessoas da “ignorância compartilhada adquirida” onde muita ente acaba se escondendo atrás da ignorância como desculpa pelo seus atos… sabe que isso era uma coisa que eu sempre admirei no dirigente do meu antigo centro… ele sempre estudou muito e nunca se mostrou sabedor de tudo… enfim… procurei ler o máximo possível diversos autores não somente sobre entidades especificas ou linhas especificas… mas a história da Umbanda… enfim… tentei aprimorar o que de melhor tinha.

Em nenhum momento desses 5 meses procurei um centro ou uma casa para trabalhar, digo isso pq diversas vezes cheguei a ver pessoas que saíram de seus centros e procurarem em outras casas a “sua” casa… e não sei… não acredito que seja assim… acho que na verdade as coisas são naturais… vem de novo aquele lance de afinidades… enfim não sei se estou certa ou errada… mas tenho certeza que o meu caminho vai acontecer…

Outra coisa interessante nesses 5 meses é que mais uma vez pensando em me fortalecer espiritualmente eu fui jogar búzios para saber a respeito de meus orixás… confesso que não gosto de cartas, tarô, búzios ou qq coisa do tipo que “preveja” futuro… não acredito muito em predileções, pois acho que o futuro somos nós que mudamos todos os dias… Olorum nos criou com o “poder” do livre arbítrio então não importa o quão grande é o plano dele se nós pequenos seres humanos não seguirmos nosso caminho com sabedoria e responsabilidade…então pra que serve saber o futuro se numa escolha errada podemos mudar tudo? Muito melhor viver o presente e cuidar para que cada dia seja tão bom ou melhor do que o anterior do que nos preocuparmos com o amanhã, afinal se o que fazemos hj reflete o que seremos amanhã então que plantemos hj somente boas sementes não é? Mas como minha finalidade quase que acadêmica era saber mais a respeito dos meus orixás de origem então valeu a pena… e pra critério de informação levo como orixás regentes: Yemanjá, Oxossi e Xangô =]

Bem em falar nisso como sou uma devoradora de teorias, acabei meio que criando minha própria teoria a respeito de Orixás… como sabemos no candomblé eles cultuam geralmente um Orixá principal que irá reger a vida do médium… que seria a feitura de Santo… na Umbanda não temos essa espécie de rito… e estudando algumas teologias percebi que chega a ser injusto dizermos: sou filho de Oxossi com Yemanja… afinal como médiuns somos instrumentos divinos a disposição de TODOS os Orixás… então me sinto filha de todos SIM!!

Sei que o post esta um tanto qto longo, mas são meses sem escrever… o q não significou que não tivesse o que falar então… continuando…

Claro que nesses 5 meses eu mantive contato direto e indireto com o lado espiritual, minha mediunidade e claro minhas entidades… participei de uma gira na casa da Dna Sueli em Novembro, foi bacana pra matar a saudade… no começo de Dezembro participei de um trabalho de esquerda com meu exu pela primeira vez de frente… e vou contar pra vocês… foi a maior lição que eu já recebi na vida… foi a lição que me jogou muita coisa na cara… vou resumir… era uma limpeza de ambiente em uma empresa, estávamos em 5 médiuns apenas. Ele veio, trabalhou e eu apaguei… de 3horas de trabalho me recordo de apenas 30 minutos… foi algo assustador… algo que jamais havia acontecido comigo, como já disse em post anteriores eu sou totalmente consciente e salvo algumas informações que simplesmente somem depois da incorporação, eu estou sempre presente nos trabalhos… mas dessa vez apaguei. Ele trabalhou, fez o que tinha que fazer disse aos presentes que não levaria a bebida ingerida, pois eu tinha uma lição pra aprender… obvio que isso estava ligado 100% ao episodio ocorrido na última gira do centro no qual eu sai… e assim a lição veio no dia seguinte em um sonho… uma mensagem ficou… e como sei q aprendizado guardado é ignorância compartilhada… eis que compartilharei o conhecimento:

“Você é humana e eu não… quem se altera com a bebida é você e não eu… eu posso trabalhar com ou sem… não importa… mas você bebeu e não participou do trabalho…. você por ser humana tem as suas limitações humanas e conhecê-las é fundamental, pois a lição é dada uma só vez! Se VOCE se respeitar eu tb te respeitarei… te respeitando tb estarei ME respeitando. VOCE aprende e NOS evoluímos, VOCE erra, NOS caímos juntos. Não importa o tamanho do erro e sim da lição aprendida, errar sem aprender é voltar pra trás! Você agora sabe como ir e até onde pode ir… e ir alem depende de onde vc quer chegar e como vc quer chegar.” – Exú Capa Preta

Bem tenho que admitir que eu realmente aprendi a minha lição… e confesso que não foi fácil… eu havia decidido não beber mais nada alcoólico a mais de um ano pois conforme minha nega me disse uma vez: ilha os dois caminhos não andam juntos, se você escolheu o caminho da mediunidade deve fazer escolhas, e comecei a notar q bebida sempre me fazia mal, por mais q fosse um gole apenas… eu morria de dor de cabeça depois… então escolhi o caminho da doação do que tenho de melhor: eu mesma. Então a partir dai eu bebia apenas na giras de esquerda, mas depois dessa lição que complementa o que presenciei no centro que trabalhava, eu vi que eu não precisaria usar a bebida em trabalhos de esquerda também, pois a bebida é usada apenas como um elemento para auxiliar o médium na interação com a entidade de esquerda que por ser bem humanizada acaba levando ao excesso confundindo-se ate mesmo com o próprio médium… mas depois dessa lição vi que seu uso era desnecessário, mesmo que isso exigisse de mim muito mais concentração e dedicação para que eu não interferisse no trabalho das entidades… e assim foi decidido e mantido.


No final de 2009 tive uma espécie de gira em minha casa mesmo onde foram feitas algumas firmezas e agradecimentos pelo ano que passou e pelo próximo que estava por vir… foi muito bom sentir mais uma vez a força das entidades e poder saber que mesmo eu não estando dedicando parte de mim a ajudar outras pessoas através delas, eu ainda podia senti-las trabalhando através de mim… e realmente o sentimento de gratidão por elas e por todas as outras que cuidam de mim com tanto carinho mesmo que agora não posso mais vê-las é grande demais… encerrou com a vinda da Dolores e do Seu Capa, ambos sem bebida, e vou dizer… não senti falta nenhuma… a bebida estava la… no copo pra eles e eles trabalharam a vontade com a bebida mas sem ingerir =))) uma coisa q me chamou atenção foi a Dolores se despedindo do Daniel dizendo que ficaria quase uma lua sem vir trabalhar comigo, mas que estaria sempre por perto… dai ele perguntou pq ela simplesmente riu kkkkk enfim o trabalho foi perfeito… e logo descobrimos o pq dela não vir mais =]


Depois desse episódio fiquei sem contato direto com minhas entidades… mas sempre cuidando da direita e da esquerda em casa… sem contar que mesmo que poder ver as entidades sempre sinto… coitado do meu pai sete pedreiras… bem que achou q tinha se livrado de mim kkkk que nada… não tem uma vez q eu não reze pedindo sempre pra ele e pra minha amada Vovó Rita que nossa me enche os olhos de saudades =]


Enfim em Fevereiro veio a maior virada de minha vida… descobri o que a Dolores disse em palavras avessas kkk eu estava grávida, finalmente o sonho de ser mãe estava se tornando real… como chorei, como agradeci… como lembrei das palavras do pai Joaquim: é minha filha logo será o seu a ser batizado… é meu pai… se não for no físico tenho certeza que o senhor dará a benção ao meu bebê de onde o senhor estiver =) e assim começou a melhor fase da minha vida… e é nessa hora vejo como Olorum trabalhou certo na minha vida, me mostrou talvez por caminhos tortuosos é certo… mas me mostrou que todo dia novos ciclos se iniciam… que as vidas sempre estarão cruzadas mesmo que os caminhos sejam diferentes… hoje consigo enxergar que sair do centro por mais doloroso que foi, teve seus motivos… foi o certo a ser feito… mesmo que as vezes doa olhar pra trás… cada um tem o seu tempo e a sua história e sei que é só o começo da minha…

Hoje com as coisas no lugar, cabeça e coração leves, me sinto mais feliz como jamais fui um dia… quem sabe da minha história e me conhece um pouco sabe o qto lutei pra ter o que tenho hoje… sabe que nada nem ninguém mudaria o que eu sou por dentro ou os meus valores, jamais compactuaria com uma mentira… não interessa por quem e com quem… o que eu acredito e o q eu trago dentro de mim valem muito mais… afinal o meu caráter não tem preço!


Um super beijo a todos =]


Canção do Poder

03/12/2009


Chamo a Força Encarnada
Para usar as minhas mãos
Para expulsar os malfazejos
Que atrapalham meus irmãos
Chamo os Seres Sagrados
Pra me dar a proteção
E a Águia vai por cima
E o Leão vai pelo chão
Segue a Águia em seu vôo
Para me dar a visão
E quando eu toco o meu tambor
É quem segura a minha mão
O Leão com sua força
Reinando na imensidão
E essa é a força que Eu sinto
Dentro do meu coração
Fique muito alinhado
Diante desta afirmação
Eu uso a Luz do Amor
Prá te tirar da escuridão

Léo Arteze


Afinidades…

23/11/2009

Boa tarde pessoas!!

Vocês já repararam que no mundo TUDO em nossa volta e em nossas vidas é por afinidade???

Somos atraídos o tempo todo por coisas e situações afins. Por mais que as pessoas tenham costumes, pensamentos e vidas completamente diferente uma das outras, é a afinidade que as aproxima.

Afinidade Energética, Afinidade Espiritual. Afinidade Intelectual, Afinidade Espacial…

Seja qual for o seu lugar no mundo você sempre atrairá pessoas, energias e compatíveis com o que você vibra… e obviamente se sentirá atraído por essa mesma compatibilidade, e é esse o ponto onde queria chegar… nós todos independente da crença ou religião devemos tomar muito cuidado com o que pensamos ou mentalizamos, nós médiuns principalmente por termos consciência dessa afinidade energética… é preciso estar sempre atento aos nossos pensamentos, as nossas atitudes, afinal sabemos que a força vem principalmente de dentro pra fora… e nada adianta transmitir uma falsa bondade se você sente raiva, mágoa… portanto vamos manter uma vigília constante sobre nossos sentimentos e pensamentos!!

É meus amigos, ultimamente tenho olhado muito mais pra dentro do que pra fora, e percebi que cresci demais no último ano, cresci como filha, como colega de trabalho, como amiga, como irmã, como esposa e principalmente como pessoa, ainda tenho muito a aprender, mas não tenho medo disso, não tenho medo do que o futuro me reserva, só tenho a agradecer cada dia de aprendizado… e acho que o principal aprendizado esta em respeitar o outro como a si mesmo. Uma pena que nem todos levam o mesmo tempo… uma pena que nos dias de hoje ainda existam pessoas que se julgam superiores pela sua cor, condição social ou até mesmo pela sua origem… no fim acabam ignorando a maior origem de todas: OXALA!!!

Se você puder fazer algo de bom pra alguém simplesmente FAÇA, não pense duas vezes… não espere nada… apenas FAÇA…

No último dia 20 foi celebrado o dia da consciência negra… e eu recebi um poema muito bonito que gostaria de compartilhar com vocês….

Sempre negro,

Filho do preconceito, sim!
Mas exijo respeito enfim.
Quero dignidade,
que meus filhos se orgulhem de mim.

Nas lembranças,
misturam-se dor e esperança,
fé na crença
sem grilhões e correntes,
e o povo negro que dança.

Liberdade pro negro enfim;
Poesia; Palmares… Zumbi.
O negro sonhou.
O negro lutou.

Liberdade… Liberdade.

Mas que homem é este?
Que diz que o negro é tão diferente.
Que diz, este negro não pode ser gente.
Por que minha cor, te ofende assim?

Sou negro sim!
Tenho orgulho sim!
Sou o grito forte de liberdade,
sou Palmares
.

ZUMBI DOS PALMARES (Libertador de escravos: 1655 – 1695)

Um super abraço a todos e uma semana repleta de bons pensamentos😉

“É impossível amar o outro sem amar a si mesmo. Pois o que buscamos no outro, somos nós.” (André Azevedo da Fonseca)